Parêntese #1

O tempo não é o mesmo para todos. O meu é lento. Um mês, dois meses, é pouco. Dois anos é um tempo que pode ser curto ou longo. Vai depender dos objetivos traçados.

Mas nem tudo chega ao mesmo tempo. Um beijo de amor, um resultado de uma prova, a conquista de um trabalho, o sorrir dos amigos e o orgulho da mãe. A cura, a glória e a sabedoria no momento de dor. Tudo isso pode (e não vai) chegar a um tempo só. Sempre vai haver a sensação de “qual o próximo passo?”.

O que há de se fazer é agradecer pelo hoje. Hoje eu sou um homem melhor. Hoje eu fui melhor como filho e como amigo. Hoje eu pude rir e comemorar as recentes conquistas. Hoje eu pude pensar em como me cuidar melhor, porque é só assim que estarei forte para enfrentar as tormentas da vida.

Há mais a se fazer, claro. A batalha é dura e está longe de acabar. Mas hoje e sempre lhe sou grato, Príncipe da Luz.

3 Comments:

  1. Divagações, pão e circo said...
    Comemore. E comemore muito. O Pai te deu de presente conquistas importantes, mas ele viu sua batalha , e ELE nunca nos desampara. Parabéns mais uma vez. Ainda vou ser como vc quando eu crescer. Abraço. Alexandre
    K said...
    PARABÉNS!!! EDU!EDU!EDU!ÊÊÊÊÊÊ!!!

    Que DEUS te abençoe e te ilumine Sempre!!!
    Muitas e muitas conquistas ainda estão por vir!!!! E por favor compartilhe, não esqueça que existe alguém aqui, que apesar do pouco contato, se alegrará e comemorará muuitísssimo contigo!!!

    =)
    =**
    ;)

    Kely
    Juliana Seidl said...
    Du, é tão engraçada a nossa percepção do tempo, né?!

    Eu me programei um semestre pra um futuro que vai chegar daqui a alguns dias... e parece que foi ontem que eu li sobre essa oportunidade na internet.

    Viva nossos 2 anos de mestrado!
    E que eles passem l e n t a m e n t e! ;)

Post a Comment



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial